quarta-feira, 1 de julho de 2009

preciso disso...

...um pouco de informação.

a curiosidade matou o gato.

e me mata aos poucos, lentamente.

Um comentário:

Tory disse...

Não concordo com aquele teu comentário. A gente acha que é, mas não é verdade. A menos que você seja um nazista sem coração, dificilmente é responsável pela tristeza de alguém. Ou mesmo pela alegria. No fundo, é aquela história: só a gente mesmo pode se fazer feliz. Ficabem, Bru.