sábado, 14 de junho de 2008

le ballon rouge

É genial a forma como alguém consegue transformar uma história de um garoto e seu balão em drama, em apenas 34 minutos. Nos emocionamos, rimos, ficamos tristes. Deveríamos ter mais filmes desses. Nunca chorei por um balão vermelho.

É genial a forma como alguém consegue transformar ficção em realidade. Algo totalmente inacreditável se torna perfeitamente coerente. Explicações não são necessárias. Não é preciso entender, basta sentir. Deveríamos ter mais filmes desses.

Todos deveriam ver.

IMDB: http://www.imdb.com/title/tt0048980/

Parte 1:


Parte 2:


Parte 3:


Parte 4:

3 comentários:

Caique disse...

1 Comentario!
E nao é vc é gay!
auhuah

Marcelo Hasimoto disse...

Não sei o porque, mas pensei no balão como os sonhos do garoto, ali, naquela inocência.Que apesar de lhe ter sido roubado, não puderam destrui-lo.
E ele na tristeza da perda do seu "balão" encontrou a saída com muitos outros balões, ou o seu sonho "ampliado".
Sei lá...foi nisso que eu pensei.Só isso, né?

Grande abraço, uma boa semana!

apulga disse...

meu comentario nao saiu.
vou fazer greve de comentarios úteis.